O que é e como diagnosticar o câncer de mama masculino

Câncer de mama masculino: o que é e como diagnosticar

Sim, é possível que homens também tenham a doença. Embora rara (representa cerca de 0,2% de todos os cânceres, 1% dos cânceres de mama e 1,5% de todos os tumores malignos em homens), o câncer de mama masculino é responsável por 0,1% das mortes por câncer no sexo masculino. No Brasil, as estimativas apontam 57.960 casos de câncer de mama no sexo feminino e cerca de 580 casos no sexo masculino (INCA, 2016). Além disso, a idade média ao disgnóstico é entre 60 e 70 anos, embora homens de todas as idades podem ser afetados com a doença.

Várias características são similares entre os cânceres de mama nas mulheres e nos homens, dentre elas as relacionadas com a história natural da doença e suas características demográficas. Porém, as características dos tumores e o ambiente hormonal feminino e masculino são muito diferentes.

Por causa do número limitado de casos de câncer de mama nos homens, nos diversos serviços, dificulta maiores estudos, no entanto, o uso dos marcadores moleculares e técnicas imuno-histoquímicas tem sido muito útil na compreensão do desenvolvimento e progressão desta patologia.

Fatores de risco

Pela raridade desta patologia, a etiologia do câncer de mama masculino é pouco conhecida. Alguns fatores de risco identificados refletem a importância dos fatores hormonais. Sugere-se que anormalidades no balanço estrogênico e androgênico, incluindo síndrome de Klinefelter. Cirrose, obesidade, ginecomastia, orquite e epididimite,  também podem estar relacionadas com o aumento do risco de desenvolvimento de câncer de mama nos homens.

Aproximadamente, 15 a 20% dos pacientes masculinos com câncer de mama têm uma história familiar positiva, sendo um importante fator predisponente. Em mulheres, a suscetibilidade genética para o câncer de mama está relacionada com mutações nos genes BRCA1 e BRCA2.

Nos homens a prevalência das mutações dos genes BRCA1 e 2 é baixa, a associação entre BRCA1 e câncer de mama masculino não é muito clara. A mutação do BRCA2 é mais frequente em homens com câncer de mama, principalmente se relacionados com história familiar de câncer positiva.

Em homens com mutações do BRCA, além do aumento de risco de desenvolvimento de câncer de mama, ocorre maior risco de desenvolver câncer de próstata, pâncreas, estômago e hematológico.

Diagnóstico e tratamento

As diretrizes nacionais da Rede Global de Câncer (NCCN) para o tratamento e vigilância do câncer de mama feminino estão bem estabelecidas, mas diretrizes semelhantes sobre câncer de mama masculino são menos reconhecidas.

Entretanto, apesar de vários estudos surgirem um pior prognóstico para o câncer de mama masculino, esta questão permanece em aberto. A presença de massa palpável e maior tempo de história representa atraso no diagnóstico do câncer de mama masculino. Além disso, pela sua condição anatômica, é frequente o diagnóstico tardio, uma vez que a anatomia mamária no homem propicia uma invasão mais precoce as estruturas contíguas ao tumor, como a pele, a aréola, o mamilo, o músculo peitoral e a parede torácica.

Outra questão que dificulta o diagnóstico, é o fato de que a mamografia não é um procedimento utilizado para rastreamento do câncer de mama. Isso porque a mama no homem é rudimentar e o diagnóstico de lesões mamárias à palpação é mais fácil do que nas mulheres.

Ao diagnóstico, a maioria dos homens com câncer de mama apresenta massa subareolar indolor, frequentemente associada à retração mamilar, ulceração ou descarga mamilar sanguinolenta. O envolvimento bilateral é raro, e estima-se que corresponda a menos de 2% dos casos.

Os seguintes exames e procedimentos são usados para diagnosticar o câncer de mama nos homens:

  • Exame clínico das mamas
  • Mamografia
  • Ultrassonografia
  • Ressonância magnética das mamas, se clinicamente indicado
  • Biópsia, incluindo status dos receptores de estrogênio e progesterona, e amplificação do HER2/neu.

Confira o conteúdo completo no livro Câncer de Mama: Uma Filosofia de Tratamento – Breast Unit Barretos (BUB)Visite nosso site e compre agora!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *